Unidade de Saúde Mafra Norte foi inaugurado

Mafra tem um novo e moderno equipamento de saúde, o qual foi inaugurado no simbólico Dia do Município pela Ministra da Saúde e pelo Presidente da Câmara Municipal. Dá-se assim por concluído um ciclo de investimentos na expansão e modernização da rede de cuidados de saúde primários à escala do Concelho de Mafra, que se considera estar agora preparada para responder às necessidades das próximas décadas.

A nova Unidade de Saúde Mafra Norte representa uma ampliação da capacidade de resposta, planeada com sentido de futuro, estando preparada para servir 35 mil utentes. Além disso, assegura uma oferta abrangente e diversificada, estando dotada de múltiplas valências, das quais se destacam duas Unidades de Saúde Familiar (USF), uma Unidade de Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP), o Atendimento Completar, a Unidade de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP), a Unidade de Cuidados na Comunidade, uma Unidade de Saúde Pública, incluindo Saúde Oral, e modernos meios complementares de diagnóstico.

Este equipamento permite substituir instalações obsoletas e funcionalmente desadequadas, tanto em Mafra como na Igreja Nova, proporcionando o acesso das populações à diversidade de recursos, agora disponibilizada de forma centralizada. Face ao encerramento da Extensão da Igreja Nova, a Câmara Municipal operacionalizou a criação de um novo circuito de transporte público, para acesso das populações da União das Freguesias de Igreja Nova e Cheleiros à nova Unidade de Saúde, o qual será disponibilizado a partir de segunda-feira, sendo brevemente divulgada mais informação.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal, Hélder Sousa Silva, sublinhou que “o projeto é a materialização de uma eficaz cooperação entre as administrações central e local. Pese embora a construção deste equipamento constitua uma competência do Estado Central, este Município tomou a opção deliberada e consciente de ser parte da solução”. Explicou que “a autarquia cedeu gratuitamente o terreno, elaborou os projetos de arquitetura e de especialidades, desenvolveu o processo de concurso, a execução da empreitada e a sua fiscalização, apresentou candidatura a financiamento comunitário, suportou parte dos custos de construção através do orçamento municipal, assim como executou arruamentos, estacionamentos e arranjos exteriores”.

Partilhando da oportunidade desta cooperação, a Ministra da Saúde, Marta Temido, acrescentou que, pelas suas condições, se espera que este equipamento tenha “capacidade de atrair profissionais de saúde e de os motivar”, de modo a que “todos os cidadãos possam ter médico e enfermeiro de família”.

Inauguração da Unidade de Saúde Mafra Norte